Crypta – Recolhas

Cripta do Santuário:

São os locais que estão por baixo da velha basílica construída por D. Bosco.

Servem para as mostras temporárias que decorrem em ocasiões especiais (Natal, 24 de Maio, exibição do Sudário) feias com material do centro. Está permanente um presépio em movimento que é a alegria dos mais e dos menos jovens. Foram restauradas e colocadas nas paredes alguns vitrais desenhados pelo prof. Mario Barberis e realizados pela Vidraria Janni, que ornavam a basílica ampliada em 1938 e destruídas durante os bombardeamentos de 1943.
Na entrada na cripta encontraram um espal digno seis estátuas restauradas do doze anjos com lanternas que ladeavam em 1938 o quadro da Auxiliadora e que em 1944 foram substituídos pelas actuais estátuas de santos. No ambiente dedicado à biblioteca foram colocados parte do gradeamento que delimitava a zona do altar a primitiva basílica. Numa parede está o precioso tapete oferecido a D. Bosco pelas senhoras de Florença em 1875. Numa parede está o precioso tapete oferecido a D. Bosco pelas senhoras de Florença em 1875. O tapete (5m por 10) é feito em lã policroma.

Recolhas várias:

O Centro dispõe de recolhas de vário tipo:

1. Imagens. – São mais de 30000 e vão de 1600 a 1900. Dos mais variados materiais e origens. Muito numerosas as imagens para Defuntos, primeiras comunhões e crismas, divididas geográfica e cronologicamente.

2. Litografias, cromolitografias e incisões. Dos maiores artistas italianos e estrangeiros de todos os tempos, quase sempre referidas aos factos de Jesus e de Maria.

3. Postais, calendários, escapulários, medalhas e selos. Merece uma atenção particular a recolha de filatelia religiosa e mariana.

 A biblioteca:

Aqui confuiu um bom fundo doado pelo coronel Armando Marini. Compreende obras de consulta geral sobre Nossa Senhora e os santos, com particular referência aos santuários marianos presentes em Itália e no estrangeiro. São publicaçoes do século XVI até hoje, com materiais difíceis de encontrar em outros locais a respeito da devoção a Maria e sobre a história dos diversos santuários marianos.

Aos livros acrescentam-se numerosas revistas marianas e artigos de jornais relativos a este tema. Um amplo sector da biblioteca é dedidcado aos livros da piedade popular destes últimos séculos.

Constituem um património interessante do ponto de visa histórico, religioso, iconográfico e editorial. Começou já a digitalização de todo o material da biblioteca para uma melhoria do acesso.

O Centro Salesiano de Documentação Mariana tem por título
———————DON PIETRO CERESA
em reconhecimento dos seu sméritos de fundador e curador por tantos anos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *